Skip Navigation LinksPT > Concursos de Admissão > Concursos em vigor > Concurso ordinário de admissão para ingresso na categoria de oficiais médicos navais

Concurso ordinário de admissão para ingresso na categoria de oficiais médicos navais


 Condições Gerais de Admissão:

  • Ter nacionalidade portuguesa;
  • Ter aptidão física e psíquica, verificada em inspeção médica;
  • Possuir Mestrado ou Licenciatura pré-Bolonha, em Medicina, obtidos em universidade portuguesa ou reconhecidos em Portugal;
  • Ter a situação militar regularizada ou ser militar dos quadros permanentes;
  • Ter bom comportamento moral e civil.

 Condições Especiais de Admissão:

  • Ter idade igual ou inferior a 30 anos no dia 31 de dezembro do corrente ano, exceto no que respeita aos militares dos quadros permanentes;
  • Frequentar o ano comum ou o internato de especialidade das carreiras médicas civis.
 
 Envia/entrega a documentação solicitada no aviso de abertura para:
Direção de Pessoal, Repartição de Recrutamento e Seleção, Centro de Recrutamento da Armada,
Praça da Armada,
1350-027 LISBOA.
 
 A verificação da inaptidão médica para o serviço militar é efetuado tendo por base as "Tabelas Gerais de Inaptidão e Incapacidade para o Serviço nas Forças Armadas", conforme Portaria n.º 790/99, de 07 de setembro, na redação que lhe foi dada pelas Portarias n.º 1157/2000, de 07 de dezembro e n.º 1195/2001, de 16 de outubro.
 
 A avaliação da aptidão física é verificada através da realização de provas de aptidão física (PAF) que se realizam de acordo com o Despacho do ALM CEMA n.º 02/02, de 17 de janeiro.
 
 A apreciação e ordenamento dos candidatos é realizado de acordo com o estabelecido na Portaria n.º 632/78, de 21 de outubro conjugado com o Despacho do Almirante Chefe do Estado-Maior da Armada n.º 60/79, de 12 de junho, alterado e republicado pelo Despacho do Almirante Chefe do Estado-Maior da Armada n.º 85/16, de 30 de novembro.
 
 No 1.º dia de provas os candidatos devem ser portadores de:
a. Auto Questionário de Saúde (AQS) devidamente preenchido;
b. Eletrocardiograma e Rx ao Tórax, com respetivos relatórios;
c. Cartão do cidadão ou bilhete de identidade, cartão de contribuinte e número da segurança social;
d. Boletim de vacinas ou equivalente, atestando o cumprimento do previsto no plano nacional de vacinação.
Mais informação em: recrutamento@marinha.pt e 213 945 469 / 800 204 635.


Marinha 2011, todos os direitos reservados